Inscrições para a Etapa I 2012 - Local ?????

Categoria Especial
x
Primeira Categoria
<>
Categoria Feminina

20 junho 2007



AAGIL se inscreve no Prêmio Cultura Viva




do Ministério da Cultura

Confirmação eletrônica de inscrição na 2ª edição do Prêmio Cultura Viva Parabéns,



sua Iniciativa está inscrita
Data da inscrição: 19/6/2007 Data da atualização: 19/6/2007 00:42:04
Nr. da Iniciativa: 13132
Nome da Iniciativa: Associação Paraense de Patinação Aggressive Inline
Nome do responsável: Fernando Rabelo de Souza


veja também: http://www.cultura.gov.br/programas_e_acoes/cultura_viva/index.php

Veja como ficou a ficha da AAGIL no projeto:

I. IDENTIFICAÇÃO DA INICIATIVA
Inscrição: 13132

1.Nome da Iniciativa:
Associação Paraense de Patinação Aggressive Inline

2.Mês e ano de início das atividades da iniciativa:
Mês: 3
Ano: 2006


3.Esta iniciativa é inscrita por:

Organização da Sociedade Civil


4. Responsável pela Iniciativa:
Nome: Fernando Rabelo de Souza
Endereço: Rua dos Mundurucus,2268
Complemento:
Bairro: Batista Campos
Cidade: BELÉM
UF: PA
CEP: 66035360
DDD/Telefones: (91)30890325
DDD/Celular:
Email: rabelo@nautilus.com.br

5.Como você ficou sabendo do Prêmio Cultura Viva?

Mídia eletrônica (Internet, TV, rádios)

II. DADOS DA ORGANIZAÇÃO RESPONSÁVEL
6.Dados sobre a organização que desenvolve a iniciativa:
Organização: Associação Paraense de Patinação Aggressive Inline
Nr. CNPJ/INEP: 07944056000 (posteriormente, em 27.06.07, corrigimos para
07.944.056/0001-43)
CEP: 66065000
Endereço: Avenida Alcindo Cacela4092
Complemento:
Bairro: Condor
Cidade: BELÉM
UF: PA
DDD/Telefones: (91)30890325
Dirigente: Fernando Rabelo de Souza
Cargo: Presidente
Site: http://www.fotolog.com/aagil

7. Se a iniciativa for inscrita como “Ponto de Cultura”, informe:



Prej.



III. DADOS DA INICIATIVA
8. Assinale as áreas de atuação da iniciativa:

Artes cênicas



9.Locais em que se desenvolve a Iniciativa:
Cidade: UF:
BELÉM PA
ABAETETUBA PA
TUCURUÍ PA
ANANINDEUA PA


10.Resumo da Iniciativa:
Entidade que congrega pessoas que gostam de saltar, deslizar e fazer piruetas sobre obstáculos diversos, calçando patins e registrando as manobras e locais em vídeos e fotos. Isto faz como que seja criado um acervo de informações sobre diversos pontos das cidades que normalmente passariam despercebidos e cuja memória se perderia.

11. Contextualização da iniciativa – Descreva a situação da comunidade na qual a iniciativa é desenvolvida.

a atividade é desenvolvida tanto nas pouquíssimas áreas a ela destinadas pelo poder público quanto nas ruas e passeios durante os finais de semana quando não há trânsito comercial intenso.

12. Como surgiu a iniciativa?

Os interessados sentindo dificuldades para manterem-se ativos na prática criaram um grupo de estudos que se reuniu duas vezes por semana, durante quatro meses e concluiu que havia, entre outras, em resumo, as seguintes principais dificuldades a serem transpostas: Carência de seriedade de muitos praticantes; Desinteresse quanto a questões organizacionais; Deficiência na elaboração de calendário de eventos; Deficiência na divulgação da atividades; Carência de apoio aos praticantes; Dificuldade financeira para adquirir materiais e equipamentos; Deficiência na estrutura para evolução da atividade; Carência de informação aos praticantes; Deficiência no conhecimento técnico sobre como são feitas as manobras; Inexistencia de regras; e, Relação difícil entre praticantes e suas famílias. Decidiram, então, por meio de análise da relevância de cada fato-problema, criar um calendário anual das atividades e passaram a cumpri-lo como forma de aplicação de um plano mínimo de ação.

13. Quais os objetivos da iniciativa?

--Defender, relativamente aos patinadores e seus familiares, direitos coletivos relacionados ao consumidor, meio ambiente, saúde, transporte, utilização de vias e espaços públicos, segurança, trabalho, previdência, educação e habitação.


--Promover e fomentar a prática da Patinação Aggressive In-line entre os filiados, assim como posicionar-se na elaboração de políticas públicas municipais, estaduais, nacionais e internacionais para o desporto, a cultura, a educação e as relações internacionais, no que se relacionar com a Patinação Aggressive In-line em seus múltiplos aspectos.


--Organizar a prática regular das competições desportivas de Patinação Aggressive In-line, bem como a aplicação de suas regras competitivas, observando os princípios do Fair Play, estabelecidos pelo jogo limpo, honesto e justo.

14. Faixa-etária do público atendido pela iniciativa:
Crianças (até 11 anos)
Adolescentes (12 a 18 anos)
Jovens (19 a 24 anos)
Adultos (25 a 60 anos)
Terceira Idade (acima de 60 anos)


15. Quais os critérios e procedimentos adotados para uma pessoa participar das atividades da iniciativa?

Apresentar Identidade, CPF e comprovante de residência no Pará. Se for menor, a documentação será do Pai ou responsável.

16. Quais os resultados já alcançados pela iniciativa?

Observa-se que a prática organizada, disciplinada e planejada já trouxe benefícios à auto-estima dos praticantes, tornou a atividade mais conhecida e que alguns dos problemas relacionados à atividade têm seus efeitos minimizados.

17. A iniciativa já recebeu algum tipo de premiação, menção honrosa ou venceu algum concurso?

Não

18. A iniciativa teve custos no ano de 2006?
Sim. Custo total R$ 20.000,00


(incluídos os patins que os filiados utilizam)


18.1. A iniciativa conta com a ajuda de organizações ou indivíduos?

Sim. Explique? Uma empresa de Belém em 2005 apoiou com R$300,00 Um órgão governamental em 2006 apoiou com cerca de $3000,00 em materiais O presidente da Entidade utiliza seus próprios recursos para administrar a atividade

19. Número de pessoas que participaram da iniciativa em 2006:

19.1. Como espectador (que apenas assiste) = 10.000
19.2. Como usuário e/ou aluno (que segue as atividades e participa de forma contínua) = 20



Vejam, amigos patinadores, é necessário elevar esse número 20 aí em cima.




20. Quantas pessoas integram a equipe responsável pela iniciativa?
7

21. Qual o perfil dessa equipe?

Nome
Função na iniciativa Profissão ou ocupação Grau de Escolaridade Condição de trabalho na iniciativa
Remunerado
Voluntário

Igor Tuanes do Nascimento Corrêa, Vice presidente, estudante, segundo grau
Ederson Wallace Silva de Oliveira, Diretor Administrativo e Financeiro, Chapista (faz lanches na chapa), primeiro grau
Emerson Fernandes Reis, Conselho Fiscal, Auxiliar de instalação de redes de computadores, segundo grau
Fernando Arêas Moreno Albuquerque, Conselho Fiscal, comerciário, segundo grau
Leandro Carvalho Coelho, Conselho Fiscal, comerciário, segundo grau
Fernando Rabelo de Souza, Presidente, Aposentado, Terceiro grau
Leandro Carvalho Coelho, Secretário, comerciario, segundo grau



22. Espaços físicos onde as atividades são realizadas:

Espaços públicos de circulação e lazer (praças, ruas, parques etc.)
Espaço próprio da iniciativa


23. Quais dessas atividades são oferecidas pela iniciativa?


Debates / Painéis / Seminários

Outra(s). Qual(is) Os debates se dão em reuniões mensais todo segundo sábado de cada mês e a prática ocorre tde três a sete dias por semana

24. Com que freqüência essas atividades são oferecidas:

1 vez por mês


25. A iniciativa desenvolve ou prepara materiais pedagógicos?

Não (aqui poderia ser sim, pois nossos vídeos são pedagógicos)
26. Como são desenvolvidas as atividades?

Divulga-se um calendário de atividades para o período de junho a novembro, onde, uma vez por mês são avaliados os melhores patinadores nos seguintes termos: A. Dificuldade: Quantidade, qualidade e técnica na execução das manobras; B. Criatividade: Inventividade, engenhosidade na soluçãodos problemas; C. Consistência:Firmeza na realização das manobras; D. Estilo: Estética dos movimentos, beleza.

26.1. Essa metodologia:

Está sistematizada e/ou registrada? Sim


Já foi aplicada em outros contextos? Sim
Avaliações semelhantes são empregadas para classificar escolas de samba, quadrilhas juninas, jogos de capoeira, etc.
Há indivíduos ou grupos aptos ou sendo capacitados para aplicar essa metodologia? Sim



27. O que a iniciativa oferece para a comunidade?

Os eventos são de livre acesso à comunidade para assistir.

28. O que a comunidade oferece para a iniciativa?

Nada oferece

29. A participação da comunidade na iniciativa se dá:

A atividade apenas serve de espetáculo à comunidade
A comunidade não participa da iniciativa


30. A iniciativa desenvolve atividades conjuntas ou em parceria com:


Outros. Quais? Apenas pediu apoio material ao governo do estado em 2006 e à prefeitura de Belém no sentido de que estacione ambulância próxima ao local dos eventos (nunca nos atendeu esta última)


31. Quais as estratégias para continuidade e/ou melhoria da iniciativa?

Gerando resultados técnicos nos eventos há o que se divulgar na mídia e posteriormente se obterá apoio material da indústria, comércio e governos interessados em associar seus nomes à pratica da patinação radical.

Para iniciativas que trabalham prioritariamente com a área de Artes:


32. A iniciativa estimula:

O aprendizado de técnicas artísticas



Outros aspectos. Quais? A atividade, embora não seja oficialmente reconhecida como tal, é um verdadeiro e inusitato balé sobre rodinhas, com todas as consequências.

Para iniciativas que trabalham prioritariamente com a área de Patrimônio cultural:



não é o nosso caso



33. A iniciativa estimula:

A inclusão de temas ligados à cultura local, à história de vida das pessoas e de sua comunidade nas práticas culturais e educativas
O conhecimento de modos de fazer, práticas culturais e artísticas característicos da comunidade
O registro e a documentação de práticas culturais tradicionais, artísticas e/ou modos de fazer característicos da comunidade
A divulgação de práticas culturais e artísticas da comunidade
Outros. Quais?

Para iniciativas que trabalham prioritariamente com a área de Comunicação Cultural:



não é o nosso caso

34. A iniciativa oferece:
Acesso aos meios de comunicação (Internet, rádio, tevê, CD-ROM, DVD, mídia impressa, entre outros)
Oportunidade de criar produtos em diferentes mídias (Internet, rádio, tevê, vídeo, CD-ROM, DVD, mídia impressa, entre outros)
Capacitação de usuários para o uso de mídias (Internet, rádio, tevê, vídeo, CD-ROM, DVD, mídia impressa, entre outros)
Outros. Quais?

35. Que outras informações ou características da iniciativa você gostaria de destacar ou considera importantes para a participação no Prêmio Cultura Viva?



Trata-se da primeira entidade registrada oficialmente no Brasil com objetivo específico de cuidar da patinação radical. Além disso, foi gerada após estudo técnico cujos resultados encontram-se devidamente arquivados. É, portanto, trabalho pioneiro no Brasil.

Um comentário:

... disse...

Hoje, 27.06.07, após receber telefonema do Ministério da Cultura que nos informou estar incorreto ou insistente o CNPJ, encaminhamos e-mail para ppremioculturaviva@cenpec.org.br com os seguintes dizeres:

Amigos do Cultura Viva,

Solicitamos o especial obséquio de alterar o CNPJ da iniciativa em assunto para 07.944.056/0001-43.

Agradecemos muito

ASSOCIAÇÃO PARAENSE DE PATINAÇÃO AGGRESSIVE IN-LINE-AAGIL
Fernando Rabelo de Souza
Presidente